Serviço Família Acolhedora de Guarapuava está com inscrições abertas para novos participantes

Desde 2017 no município, o trabalho é realizado por meio da parceria entre a prefeitura de Guarapuava, Ministério Público e Poder Judiciário.

18/11/2023 07H55

foto: reprodução/Assessoria/Secom

O Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora está com inscrições abertas para novos participantes. O serviço está implantado no município de Guarapuava desde 2017, onde já passaram aproximadamente 187 crianças e adolescentes.

“O trabalho realizado pelo serviço, visa capacitar famílias da comunidade para receber temporariamente uma criança ou adolescente  em medida protetiva. Durante o tempo de acolhimento as equipes compostas de assistentes sociais e psicólogas do Serviço ficam à disposição das famílias, crianças e adolescentes, diariamente, em sobreaviso de 24h (vinte e quatro horas). Existe o trâmite para ser família acolhedora, pré-cadastro, documentação, capacitação, visita técnica e entrevista”, explicou a coordenadora e assistente social do serviço, Regiane Cristina Lopes de Moraes.

Devido a uma alteração na Lei Municipal Nº 3227/2021, o serviço Família Acolhedora, ampliou a faixa etária dos jovens acolhidos. A idade limite para os participantes do serviço passou de 18 para 21 anos, possibilitando que os jovens continuem assistidos até conseguirem a inserção no mercado de trabalho e um lar próprio.

 

 

Quem pode participar

 

Os requisitos para participar da seleção, são:

Ter no mínimo 21 anos, sem restrição ao sexo e estado civil;

Não pode estar inscrito no Cadastro Nacional de Adoção.

A pessoa deve residir no mínimo há um ano em Guarapuava;

Ter renda fixa comprovada;

Todos os membros familiares devem estar de acordo;

Não possuir antecedentes criminais;

Participar dos processos de capacitação oferecidos pelo Serviço;

Apresentar um parecer psicossocial favorável, expedido pelo Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora.

  

As famílias participantes recebem um subsídio para auxiliar nas despesas e são acompanhadas diariamente pela equipe do serviço, até os acolhidos poderem voltar para a família de origem/extensa ou serem encaminhados para a família substituta, na modalidade adoção.

 

Como fazer a inscrição

As inscrições para cadastro devem ser feitas na sede do Serviço de Família Acolhedora, que fica na Rua Vicente Machado 1015, centro, ao lado da Diagmax, das 8h às 12h, e das 13h às 17h. Para mais informações, entrar em contato por ligação ou WhatsApp pelo número (42) 3142-0536.

Veja Mais