Medidas de contenção à Covid-19 serão monitoradas por comissão específica

“A comissão formada pelo Conselho Municipal de Saúde é importante para dar representatividade e transparência às ações tomadas pela Prefeitura frente à pandemia do novo coronavírus

29/06/2020 19H35

Com três meses de enfrentamento à Covid-19 em Guarapuava, as estratégias e medidas são constantemente aprimoradas. Uma delas é a criação de uma comissão responsável pelo acompanhamento e assessoramento das ações da Covid-19, feita pelo Conselho Municipal de Saúde. Neste grupo, 12 conselheiros estarão atuando, juntamente com a Secretaria de Saúde, na segurança da população até o final da pandemia. “A comissão formada pelo Conselho Municipal de Saúde é importante para dar representatividade e transparência às ações tomadas pela Prefeitura frente à pandemia do novo coronavírus”, destacou o secretário de Saúde, Jonilson Pires.

A proposta do Conselho é que a comissão atue em três eixos principais: proteção, promoção e prevenção. “Devido ao aumento de casos na cidade, instituímos a comissão com participantes do Conselho que realizarão a assessoria, por meio de levantamentos de informações  e acompanhamento dos casos notificados, recebimento de denúncias, orientação dos guarapuavanos, além da elaboração e emissão de pareceres para a gestão”, explicou o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Altair Ângelo dos Santos.

Como parte deste novo grupo, a diretora do Departamento de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde da Secretaria de Saúde, Mônica da Silva Tavares, reitera que este trabalho deve contribuir  para conter o avanço da doença. “Para a Secretaria de Saúde é muito importante ter um comitê específico formado por membros do Conselho Municipal de Saúde, para exercer o controle social através das ações do combate à pandemia do novo coronavírus”, afirmou.

Todas as avaliações feitas pelo novo grupo serão acompanhadas pelo Conselho Municipal de Saúde. Desde 2015, o Conselho vem realizando reuniões mensais para deliberar e aprovar orçamentos, investimentos e indicadores de saúde.

Vale ressaltar a organização têm  caráter fiscalizador,  deliberativo e consultivo. Os representantes integram os seguintes segmentos:

– 50% por usuários do SUS (Sistema Único de Saúde);

– 25% por trabalhadores da Saúde;

– 12,5% de gestores do SUS;

–  12,5%  por prestadores de Serviços no SUS.

Em Guarapuava, o Conselho Municipal de Saúde atende a Lei municipal n°2493, com 31 membros.