Guarapuava receberá Projeto Social "Maestro da Bola" para promover inclusão por meio do esporte

Nesta segunda-feira (14), a equipe do projeto idealizado pelo craque do futebol Ricardinho se reuniu com o prefeito Celso Góes e membros da equipe da Secretaria de Esportes e Recreação. Depois, visitaram as instalações das possíveis sedes.

14/05/2024 18H52

foto: reprodução/Assessoria/Secom

Guarapuava está prestes a receber uma iniciativa social inovadora que promete impactar positivamente a vida de dezenas de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. Trata-se do Projeto Maestro da Bola, iniciativa idealizada pelo pentacampeão mundial de futebol Ricardo Luís Pozzi Rodrigues (Ricardinho), com o objetivo de proporcionar a inclusão social por meio do esporte.

 

O projeto, que se iniciou em 2017 e já está presente em várias cidades do Paraná e do Mato Grosso do Sul, tem como público-alvo crianças e adolescentes de 7 a 14 anos em situação de vulnerabilidade social, indígenas e deficientes visuais.

 

“O esporte é um do melhores meios para se promover a educação e a cidadania. Guarapuava prioriza a prática do esporte como resgate social. Por isso, o Projeto Maestro da Bola será muito bem-recebido por todos e, com certeza, fará a diferença em nossa sociedade”, destacou o prefeito Celso Góes.

 

“Com nossos esforços, aliados ao esforço da deputada estadual Leandre Dal Ponte, estamos trazendo uma iniciativa que proporciona acesso ao esporte, mas também promove valores fundamentais para o desenvolvimento humano, contribuindo para a formação de cidadãos conscientes e engajados em suas comunidades”, destacou Milton Roseira, secretário de Esportes e Recreação de Guarapuava.

 

De acordo com Renata Pozzi Rodrigues, gestora do projeto e irmã do ex-jogador Ricardinho, “a ideia é ir além da simples prática esportiva, buscando também a formação de valores como disciplina, respeito e trabalho em equipe”.

 

Na prática, o projeto consiste em oferecer atividades gratuitas na modalidade de futebol/futsal para meninos e meninas adolescentes matriculados na Rede de Ensino Pública, priorizando aqueles em condições de vulnerabilidade social. Além das atividades esportivas, o projeto também oferece programas de incentivo escolar, atividades paradesportivas e eventos comunitários.

 

Guarapuava contará inicialmente com duas turmas de 50 crianças e adolescentes, totalizando 100 alunos, entre meninos e meninas, em duas localidades diferentes, cuja definição ainda está em andamento. Como parceiro do projeto, o Município fornecerá a estrutura física adequada, enquanto a Associação Maestro da Bola se encarregará da contratação de profissionais especializados, uniformização e demais necessidades.

Veja Mais