Governo federal estuda auxílio emergencial de R$ 250 por 4 meses

No entanto, a equipe econômica defende um valor decrescente, que comece com R$ 250 e depois passe para R$ 200.

12/02/2021 15H25

foto: reprodução

O governo federal estuda uma nova rodada do auxílio emergencial com quatro parcelas de R$ 250, segundo relato de integrantes do governo e das cúpulas das duas casas do Congresso.

Nesta quinta (11), em uma live do banco BTG, o ministro Paulo Guedes citou o valor de “até R$ 250” que depois passasse a R$200, um valor semelhante à média do benefício do Bolsa Família, no que ele chamou de “aterrissagem”.

"Está quase certo, ainda não sabemos o valor [...]. Três a quatro meses, está sendo acertado com o Executivo e o Parlamento também porque temos que ter responsabilidade fiscal", afirmou Bolsonaro.
A previsão é para o mês de março em diante.