• Policia Militar apreende mais de 30 kg de maconha em Guarapuava

    foto: divulgação/PM

    Apreensão de maconha no bairro Industrial Xarquinho. Foi abordado indivíduo em atitude suspeita e com ele encontrado 2kg de maconha, em sua residência encontrado mais 30kg de maconha .

    [ veja mais ]
    Comentários: (0)
  • Aposentadoria do INSS tem aumento de 4,48% e teto vai a R$ 6.101


    Folhapress

    Os aposentados, pensionistas e segurados que recebem auxílios do INSS acima do salário mínimo terão seus benefícios reajustados em 4,48% neste ano. O índice corresponde à variação da inflação medida de janeiro a dezembro de 2019.

    Para calcular o reajuste dos benefícios acima do piso, o INSS utiliza a inflação medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do ano anterior, divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta sexta-feira (10).

    Esse indicador calcula a variação do custo de vida das famílias com renda mensal de um a cinco salários mínimos. Em 2019, o governo reajustou esses benefícios em 3,43%.

    Com o aumento anual, o teto do INSS passa de R$ 5.839,45 para R$ 6.101,05. O teto é o valor máximo pago pelas aposentadorias do INSS e também é a referência para calcular o desconto nos salários dos trabalhadores com carteira assinada que ganham remunerações maiores.

    Para os beneficiários que recebem um benefício igual ao salário mínimo, o valor de sua renda aumenta de R$ 998 para R$ 1.039. Para calcular o valor do salário mínimo válido em 2020 o governo estimou uma inflaç&ati [ veja mais ]
    Comentários: (0)

  • Salário mínimo de 2020 será de R$ 1.039

    O presidente Jair Bolsonaro editou medida provisória (MP) que aumenta o salário mínimo de R$ 998 para em R$ 1.039 a partir de 2020.

    [ veja mais ]
    Comentários: (0)
  • VAGAS DE EMPREGO AGÊNCIA DO TRABALHADOR DE GUARAPUAVA

    Agência do Trabalhador de Guarapuava divulga  a relação de vagas disponíveis para serviços e atividades profissionais  em Guarapuava:

    VAGAS DISPONÍVEIS-SEXTA-FEIRA 10/01/2020


    Auxiliar de Confeiteiro
    Com experiência
    Ajudante de eletricista
    Com experiência
    Atendente de ótica
    Com experiência
    Atendente de Padaria
    Com experiência
    Auxiliar de cozinha
    Com experiência
    Cozinheira
    Com experiência
    Conferente
    Com experiência
    Confeiteiro
    Com experiência
    Controlador de estoque
    Com experiência
    Chacareiro
    Com experiência
    Eletricista de veículos
    Com experiência
    Empregada Doméstica
    Com experiência
    Gerente Comercial
    Com experiência
    Gerente de Loja
    Com experiência
    Instalador de internet para fibra
    Com experiência
    Mecânico de autos em geral
    Com experiência
    Mecânico de manutenção Industrial
    Com experiência
    Motorista de caminhão munck
    Com experiência
    Operador de caixa
    Com experi&ecir [ veja mais ]
    Comentários: (0)

  • Toffoli derruba a própria liminar e reduz valor do Dpvat

    Valor do seguro para carros fica em R$ 5,23 e, para motos, em R$ 12,30

    Por Agência Brasil Brasília

    O  presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, voltou atrás e acolheu pedido do governo para extinguir sua própria liminar que suspendeu a resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) que reduziu os valores do seguro obrigatório Dpvat (sigla de Danos Pessoais por Veículos Automotores de Vias Terrestres).

    “Exerço o juízo de retratação e reconsidero a decisão liminar anteriormente proferida nesses autos”, escreveu Toffoli na Tutela Provisória na Reclamação 38.736.

    O pedido foi feito pela pela Advocacia-Geral da União (AGU), sob o argumento de que “não era razoável a alegação da Seguradora Líder — consórcio de empresas que administra o seguro obrigatório — de que a redução dos valores torna o Dpvat economicamente inviável”.

    Segundo nota da AGU, a seguradora que pediu a liminar “omitiu a informação de que há disponível no fundo administrado pelo consórcio, atualmente, o valor total de R$ 8,9 bilhões, razão pela qual, mesmo que o excedente fosse extinto de imediato, ainda haveria recursos suficientes [ veja mais ]
    Comentários: (0)