Vamos preparar o Paraná para o futuro, afirma o governador Ratinho Junior

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

Vamos preparar o Paraná para o futuro, afirma o governador Ratinho Junior

Em seu primeiro discurso como governador, na Assembleia Legislativa, Carlos Massa Ratinho Junior reafirmou o compromisso de preparar o Paraná para o futuro. Ele definiu como objetivo de gestão transformar o Paraná no Estado mais moderno do País e referência nacional em gestão pública.

A base para isso, explicou, será o planejamento, a definição de metas, a inovação, eficiência da gestão, valorização e capacitação de servidores e o respeito ao dinheiro público. "Não viveremos mais o estado do improviso, vamos planejar o nosso futuro. Nós sabemos onde queremos chegar e o único caminho possível é a eficiência", afirmou.

Eficiência, modernidade, inovação foram as palavras mais utilizadas pelo novo governador, que confirmou que vai atender o desejo de mudança manifestado nas urnas.

Defensor do Estado Necessário, pautado pela eficiência na gestão e por uma estrutura enxuta, Ratinho Junior destacou as medidas que serão adotadas pelo novo governo. A primeira delas, tomada antes mesmo da posse, foi a redução do número de secretarias de 28 para 15. "É a primeira etapa para a redução da máquina pública", disse ele.

METAS - Ratinho Junior reforçou que toda a administração estadual irá trabalhar com metas e resultados. O governador também informou que serão feitos investimentos na infraestrutura do Estado e na capacitação e valorização dos servidores e que as empresas, independente do porte, terão mais apoio do Estado.

"Vamos realizar os ajustes necessários para melhorar os resultados e a entrega dos serviços que a população precisa e merece. E vamos facilitar a vida das pessoas e das empresas", garantiu.

Segundo ele, o ambiente político nunca foi tão favorável para as mudanças. Pela primeira vez, o Paraná terá senadores alinhados ao governo e deputados federais e estaduais comprometidos com o novo modelo de fazer política. Ratinho Junior também citou o bom relacionamento com a sociedade civil organizada, representada pelo seu vice, Darci Piana, que foi presidente da Fecomércio.

Linhas de ação do novo governo

Veja a síntese do que disse o governador Carlos Massa Ratinho Junior sobre diversas áreas do Estado:

Agricultura
Seremos o celeiro do mundo e vamos agregar valor à produção. Vamos investir em tecnologia, apoiar os produtores em todos as áreas, da economia familiar às grandes cooperativas. A infraestrutura será uma das bases para apoiar esse crescimento.

Infraestrutura
Vamos ampliar e modernizar nossos aeroportos, rodovias e ferrovias. Melhorar eficiência de nossos portos e consolidar novos projetos. Seremos o hub logístico da América Latina para assumir a liderança econômica da nossa região.

Segurança
Vamos valorizar nossos profissionais e combinar as mais modernas tecnologias com inteligência, estratégia e a presença ampliada de nosso contingente nas ruas.

Educação
O aluno será o centro do processo de ensino. Vamos em busca do melhor Ideb -  Índice de Desenvolvimento da Educação Básica 

Ensino Superior
Vamos consolidar nossas universidades como polos de desenvolvimento regional, vamos valorizar os educadores e todos os colaboradores envolvidos nesse processo para garantir a melhor formação possível para nossos jovens.

Nossas escolas vão formar os cidadãos e os novos desafios que o século XXI 21 nos impõe.

Empregos
Vamos focar na geração de empregos, mas empregos próximos das pessoas. Gerando novas oportunidades em todas as regiões para não separar as famílias.

Economia
Vamos atrair e desenvolver novas atividades econômicas. Se já somos o Estado do agronegócio, seremos também o Estado do turismo, inovação tecnológica e novos modelos industriais.

Saúde
Teremos programas para garantir que a saúde no nosso Estado seja sinônimo de respeito e de qualidade.

Gestão
Vamos fazer essa transformação com uma gestão consistente, com planejamento, com a indicação dos melhores profissionais, uso das melhores técnicas e junto com a valorização e capacitação de nossos servidores.

Redução da máquina
Não terei medo e não vou ceder um milímetro para acabar com os privilégios e excessos da máquina pública. Vou defender e praticar o Estado Necessário, aquele que se pauta pela eficiência e pela estrutura necessária para resgatar a dignidade dos que mais precisam e incentivar novas oportunidades.

« Leia a íntegra do discurso do presidente Jair Bolsonaro

Governo manda demitir boa parte dos terceirizados da Esplanada »

Deixe seu comentário:

Nome

E-Mail

Comentários

Blogueiro Responsável:
Jacir Queirós

 
 

Receber Informativos

 

Facebook

Busca