Seminário faz um diagnóstico sobre áreas contaminadas

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Seminário faz um diagnóstico sobre áreas contaminadas

Nesta quinta-feira (30), na Faculdade Guarapuava, teve início o 1º Seminário sobre Diagnóstico e Remediação de Áreas Contaminadas. O evento foi promovido pela Secretaria de Meio Ambiente e parceiros, entre eles o IAP (Instituto Ambiental do Paraná), Sema (Secretaria de Estado e de Meio Ambiente), ITCG (Instituto de terras cartográficas e geologia), Instituto das Águas e empresa Gasmed. O objetivo é reunir fiscais de licenciamento ambiental e empreendedores para debater sobre formas de prevenir a contaminação de solos e lençóis freáticos da região com derivados do petróleo, como gasolina, álcool e diesel.

"Esse seminário é de suma importância para Guarapuava e região, pois estamos localizados em um ambiente com características geológicas muito frágeis e qualquer mínima contaminação atingirá diretamente o solo e lençóis freáticos. Discutimos sobre esses perigos e vamos elaborar juntamente com os técnicos da secretaria projetos e ações para prevenir esse tipo de problema em nosso município", enfatizou o secretário de Meio Ambiente, Celso Araújo.

O vice-prefeito e secretário de Agricultura e Turismo, Itacir Vezzaro, destacou a importância da fiscalização. "Somos eixo de desenvolvimento, com rodovias por onde passam milhares de carros e caminhões, então fiscalizar e prevenir o vazamento desses resíduos de petróleo é nosso dever também. A Prefeitura de Guarapuava, como um todo, está empenhada em realizar o que for possível para evitar esses desastres com nosso solo e, principalmente, água", sublinhou Itacir. Para o representante da Sema, Sylfarner Pimpão, o cuidado com os derivados de petróleo deve ser extremo. Segundo ele, "cuidar da nossa água é algo nobre e que deve ser feito por todos. É nosso dever nos unir mais vezes como estamos fazendo hoje, para organizar ideias e iniciativas que possam prevenir esse tipo de desastre com a nossa natureza".

Pela manhã, o evento contou com três palestras, que trataram sobre Gestão Ambiental no município de Guarapuava; Licenciamento ambiental de atividades com derivados de petróleo e Avanços da Resolução SEMA nº 032/2016 em relação à Resolução SEMA nº021/2011 sobre postos de combustíveis e áreas contaminadas. A programação continua nesta sexta-feira (1º), a partir das 8h30.

Também participaram do evento o vereador Germano Alves, representando a Câmara Municipal de Guarapuava; o diretor presidente do ITCG, Amilcar Cavalcante Cabral; a chefe regional do Instituto das Águas do Paraná, Ana Paula Polli; e o chefe regional do IAP, Milton de Lacerda Roseira Junior.

PROGRAMAÇÃO

08h30: Avaliação e Diagnóstico de Áreas Contaminadas (Geóloga DirGEO ITCG – Kátia Norma Siedlecki)

10h30: Investigação preliminar e investigação detalhada de passivo ambiental de acordo com a resolução SEMA 32/2016 (Geólogo DirGEO – Tadeu Cava)

13h30: Segurança ambiental do SASC – Sistema de Armazenamento Subterrâneo de Combustíveis (representante da Gasmed)

Galeria de Fotos

« Curso de Medicina é confirmado na Faculdade Campo Real em Guarapuava

Líderes Comunitários participam de reunião na Prefeitura de Guarapuava »

Deixe seu comentário:

Nome

E-Mail

Comentários