Mulheres recebem diploma nos cursos de Confeitaria e Padaria

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Mulheres recebem diploma nos cursos de Confeitaria e Padaria

Por assessoria Secom

As mesas recheadas de guloseimas eram uma pequena mostra do que as alunas aprenderam nos cursos de Confeitaria e Padaria, oferecidos pela Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres, em parceria com o Senac e as paróquias Sant’Ana e Nossa Sra. de Fátima. Durante a formatura, na tarde desta terça-feira (31), os convidados experimentar as deliciosas receitas de tortas, pães, bolos, bolachas e pudins.

“É um compromisso da Secretaria da Mulher trabalhar no combate à violência, tendo como proposta a busca da emancipação, assim contribuímos com uma sociedade mais justa e equilibrada, partindo do princípio de que somos todos iguais. Todos temos os mesmos direitos e daremos as mesmas oportunidades”, comenta o prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho, que entregou os certificados às formandas junto com a secretária de Políticas Públicas para Mulheres, Priscila Schran, o pároco da Igreja Sant’Ana, Itamar Abreu Turco, a gerente executiva do Senac, Marta Gavanski Harmatiuka, e do professor do Senac, Guilherme Romani.

O prefeito ressaltou ainda a Agência do Trabalhador tem papel fundamental na continuidade da atuação da Secretaria da Mulher, mostrando o potencial das alunas às empresas. “Mesmo quem não pretender vender de forma autônoma ou entrar no mercado de trabalho, já saiu ganhando em aprender receitas deliciosas para agradar familiares e amigos”, acrescentou o prefeito. “Eu trabalhei por 30 anos como pedagoga e professora, agora estou aposentada e cuido de duas netas. No momento eu sou costureira e fiz o curso com a intenção de aumentar minha renda. Eu estou muito feliz porque nunca tive tempo de aprender a fazer essas receitas e agora eu tenho”, conta Maria Zoraide Rossato, 61 anos, que participou do curso de confeitaria.

Galeria de Fotos

« Vândalos depredam prédios públicos e roubam cemitérios em Guarapuava

Mãe de 98 anos muda rotina para cuidar de filho de 80 em abrigo »

Deixe seu comentário:

Nome

E-Mail

Comentários