Colégio Estadual Mahatma Gandhi vence 17º Festival da canção ecológica

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Colégio Estadual Mahatma Gandhi vence 17º Festival da canção ecológica

Redação, com assessoria

“A letra fala de um alienígena que teve seu mundo destruído pela falta de cuidado de seu povo, então ele vai para outro planeta. Ela serve pra lembrar que a juventude deve defender futuro do mundo, porque diferente do alienígena, nós não temos outro lugar para ir”, comenta o aluno do Colégio Mahatma Gandhi, Chrystian de Oliveira Bellin, um dos compositores da música vencedora do 17º Festival da Canção Ecológica, e que diz se inspirar no estilo do cantor e compositor norte-americano David Bowie.

Na noite de ontem (21), alunos dos colégios Heitor Rocha Kramer, Arlindo Ribeiro, Fera, Sesi, Bibiana Bitencourt, Carneiro Martins, Visconde de Guarapuava, Professora Alba Keinert e o colégio Ana Vanda Bassara também subiram ao palco do Vitace Centro de eventos.

O colégio Heitor Rocha Kramer conquistou o segundo lugar no evento; a Professora Alba Keinert, o terceiro, o quarto colocado foi o Colégio Arlindo Ribeiro e o quinto o Colégio Fera. “A inciativa traz a oportunidade para os alunos se apropriarem do tema e fazer pesquisas a respeito, também promove a interação entre os alunos, que se unem para compor as melodias”, comenta a diretora do colégio vencedor, Edil Espínola.

Todas as letras deviam tratar de assuntos ligados a meio ambiente. Os quesitos avaliados foram musicalidade, conteúdo e poesia. “A música que trata de ecologia tem o poder de incentivar os alunos a se conscientizarem sobre o tema, pois eles vão desenvolver pesquisas para a composição. Atualmente, as escolas são o nosso principal meio de transformação, pois os estudantes saem de lá sabendo da importância do meio ambiente”, comenta o secretário de Meio Ambiente, Celso Araújo.

Também estiveram presentes os secretários de Trânsito e Transportes, Airson Horst, representante do Conselho de Meio Ambiente, Jacir Queirós, da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, da 5ª Regional de Ensino, o vereador Samuel da Silva Pinto, além de familiares, amigos e diretores das escolas.          

Projeto aquarela

Durante o evento, também foi entregue o prêmio do projeto Aquarela, que escolheu os cinco melhores desenhos feitos por alunos. “Todos os premiados do projeto receberam o mesmo prêmio. Os desenhos retratavam temas referentes a natureza e as crianças se esforçaram bastante, ficamos felizes com os resultados!”, comenta a bióloga da Semag, Maristela Procidonio Ferreira.

As vencedoras foram as escolas municipais Carlita Guimarães Pupo, São José, Dom Bosco, Professor Francisco Contini, e a Roberto Cunha e Silva.

Galeria de Fotos

« No Dia da Árvore, Residencial 2000 recebe plantio de mudas pelo bairro

Vereador Samuca é eleito novo presidente do PPS de Guarapuava »

Deixe seu comentário:

Nome

E-Mail

Comentários