Inclusão da Pessoa com Deficiência no mercado de trabalho é tema de evento em Guarapuava

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Encontros publicos (2)

Nesta quinta-feira (24), o Teatro Municipal foi palco para o Encontro Macrorregional sobre Programa de Aprendizagem para o PCD (Pessoas com Deficiência) e Fomento à Criação dos Conselhos Municipais. De forma acessível, o evento reuniu escritórios regionais de Irati, Laranjeiras do Sul, Ivaiporã e União da Vitoria, que juntos representam mais de 50 municípios. “O evento explora as possibilidades existentes de empregabilidade para o PCD, como também a eleição de conselhos para os municípios. Nosso conselho existe desde 2004 e hoje podemos confirmar que conseguimos alcançar mais de 50% da cota de inclusão no mercado de trabalho. Eventos como o de hoje nos ajudam a pensar em estratégia para melhoria destes dados”, declarou o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Ari Marcos Bona.

A mesa redonda organizada pela SEJUF (Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho), ressaltou os direitos da pessoa com deficiência nas falas do diretor do Departamento de Políticas para Pessoa com Deficiência da SEJUF e presidente do COEDE (Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Paraná), Felipe Braga Côrtes, auditor fiscal da Superintendência Regional do Trabalho, Dr. Rui Tavares, auditora fiscal do Ministério do Trabalho, Dra. Daiane Pigoso, Procuradora Regional do Ministério Público do Trabalho, Dra. Mariane Josviak e a Gestora de formação da Gerar, Jenifer Barbosa.

Durante a tarde, os participantes também participaram de uma Assembleia Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, discutindo os desafios para inserção e a reabilitação do PCD no mercado de trabalho. “Em Guarapuava existem mais de 36 mil pessoas com deficiência. Este encontro é pensado para estes cidadãos que enfrentam desafios como escolaridade, capacitação técnica, acessibilidade, que precisam ser superados para construirmos uma sociedade igualitária”, afirmou a presidente do COMDDEG (Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Guarapuava), Vera Lúcia Borges Ferreira.

No Brasil, a lei federal 13.146/2015 melhorou os enquadramentos para a inclusão. Para o deficiente visual, Renilson José Kluber, participante do evento, dias como o de hoje ajudam a assegurar o trabalho digno e protegido. “Temos uma dificuldade muito grande de inserção no mercado de trabalho, a oportunidade de discussão pode abrir os olhos das empresas para a qualificação e emprego para o PCD”.

O evento também propôs a eleição dos novos conselheiros municipais, os cidadãos irão representar as áreas de deficiência visual, intelectual, físico e auditivo, incluindo também os representantes das classes, como o Crea e instituições de ensino superior. A mobilização busca renovar o conselho para o mandato de 2019 até 2021.

« Confira o funcionamento da administração municipal no Dia do Servidor Público em Guarapuava

Aniversário de Sacerdócio do Padre Jean Patrick da Pároco da Catedral N.S. de Belém de Guarapuava »

Deixe seu comentário:

Nome

E-Mail

Comentários