Concurso de Dança marca abertura do 13º Festival da Melhor Idade, em Guarapuava

sábado, 28 de setembro de 2019

festiva melhor idade dia 1 (41)

“Isso é uma alegria muito grande, reconhecimento do nosso trabalho. A dança é nossa paixão porque melhora nossa saúde, a saúde mental, autoestima, nos diverte, nos dá toda a alegria de viver”. As palavras de emoção e felicidade são do bailarino João Alcides Rocha, de 75 anos, que veio de Florianópolis para participar com seu grupo do Concurso de Dança da 13ª edição do Festival da Melhor Idade. Nesta sexta-feira (27), primeiro dia do evento, ele conquistou o título de bailarino destaque em sua apresentação. No palco, o grupo formado por oito mulheres e dois homens, debateu a Igualdade. “Muitas das mulheres do nosso grupo, pela idade que possuem, já passaram por repressão do marido e outras violências. A dança, para elas, é uma libertação. O resultado foi muito legal não só dentro do palco mas enquanto reflexão fora dele”, afirmou o coreógrafo do grupo, Ronaldo Rodrigues.

Além da discussão social, o concurso de dança levou o público a uma viagem cultural e artística, com danças tradicionalistas, valsa, xote e dança havaiana, além de uma viagem no tempo com músicas que lembraram os anos de 1960. A programação diversa atraiu oito municípios da região, além de grupos de Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Sul. É o caso dos visitantes de Palmeira, que vieram em 45 pessoas para prestigiar as atividades. Em uma mesa animada, cinco amigas palmeirenses vibravam com as apresentações e com a alegria da festa. “Essa é a 4ª vez que viemos para Guarapuava participar. Estamos gostando muito porque está lindo. As danças estão muito bonitas. A torcida aqui está entre o grupo de dança havaiano e dos anos 60, que foi muito bom”, contaram animadas.

É essa animação que, segundo o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social de Guarapuava, é a razão do Festival da Melhor Idade existir.  “A proposta é que além da união de vocês, da confraternização entre os grupos, troca de experiências e criação e fortalecimento de amizades, também queremos discutir sobre os direitos dos idosos. Essa festa foi preparada para vocês com muito carinho e amor”, declarou o secretário. Para falar dos direitos, uma apresentação teatral do Circo Sem Lona, abriu as atividades da noite.  “Esse festival, para nós, é uma demonstração do respeito, da admiração de tudo que vocês representam para nossa cidade. Gratidão por tudo! Divirtam-se muito”, afirmou a deputada estadual, Cristina Silvestri, que prestigiou a primeira noite do evento.

Além da apresentação teatral e do Concurso de Dança, a noite contou ainda com a apresentação dos grupos Suábio, do Distrito de Entre Rios, e Despertar para viver, de Prudentópolis, e dos shows com o Grupo de Viola da Escola de Música Musa, Jair Lemes e Grupo Idade de Ouro.

Neste sábado (28), a programação continua com passeios turísticos em Guarapuava, lançamento da Pedra Fundamental do Centro do Idoso, às 15h, no Parque das Araucárias, atividades artísticas e culturais no Parque, apresentações de dança, às 16h30, no Shopping Cidade dos Lagos e desfile e coroação do Rei e Rainha Municipal e Rei e Rainha do Festival da Melhor Idade, além do show com Os Serranos, a partir das 20h, no Vittace Centro de Convenções e Eventos.

Abaixo, confira o resultado do Concurso de Dança do Festival da Melhor Idade:

Categoria Dança Folclórica:

1º lugar: Aloha, grupo Ronaldo Rodrigues/ SC

2º lugar: Valsa dos Enamorados, grupo Balanço das Ondas/ SC

3º lugar: O Encanto das Rosas, Companhia Expressão Vital/ SC

Categoria Estilo Livre:

1º lugar: Cruzada, uma jornada para a eternidade, grupo da Melhor Idade São Vicente/SP

2º lugar: Uma noite em Nova York, Companhia Expressão Vital/ SC

3º lugar: Igualdade, Ronaldo Rodrigues/ SC

Grupo Revelação: São Vicente/ SP

Bailarina Destaque: Mara Malis, grupo Vovós Sim, Velhas Não

Bailarino Destaque: João Alcides Rocha, grupo Ronaldo Rodrigues

Coreografia Destaque: O encanto das Rosas, Companhia Expressão Vital/ SC

Coreógrafo Destaque: Ronaldo Rodrigues

Fonte: Secom Guarapuava

« Grupo Uninter conquista o Prêmio Top Educação pela 10ª vez consecutiva

Micro-ônibus de time de futsal tomba e deixa 11 feridos no Paraná »

Deixe seu comentário:

Nome

E-Mail

Comentários